Estes filmes vão fazer você mudar a forma como olha para os transtornos mentais

Atualizado: 3 de Set de 2019


Transtornos psíquicos, depressão e tantos outros temas que envolvem a questão da saúde mental costumam nos chegar carregados de preconceitos e complexidades – que na maioria das vezes prejudicam justamente a parte mais necessitada: a pessoa em sofrimento, que carece de ajuda. Mais de 23 milhões de pessoas sofrem de algum transtorno mental no Brasil, e a maioria não procura ajuda, seja por medo, estigma, ignorância e preconceito, seja por simplesmente não ter acesso ao atendimento adequado.

Publicidade

Pois, se por um lado a polêmica de como os hospitais e clínicas psiquiátricas devem tratar o paciente mental acende o debate e divide opiniões – sobre internações, métodos de tratamento, remédios e tanto mais –, por outro, o Brasil vem nas últimas décadas, perdendo sistematicamente leitos psiquiátricos.

Desde 1989 quase 100 mil leitos foram fechados, restando somente 25 mil leitos desse tipo em todo o País. Novamente, quem acaba desassistido é somente quem mais precisa de atenção. Campanhas são fundamentais para alertar sobre alguns desses dados e tentar oferecer caminhos para quem precisa de atendimento – como a realizada pelo Sindicato Médico do Rio Grande do Sul, o Simers, para o Dia Mundial da Saúde, tratando justamente do tema da saúde mental. Outros caminhos para informar, denunciar e revelar aspectos desse espinhoso tema são a cultura e a arte – e o cinema vem, em sua história, tratando da saúde mental e do tema dos hospitais psiquiátricos, suas dificuldades, dilemas, abusos e importâncias em diversas obras. Reunimos aqui 10 filmes que tratam do tema da saúde mental, da necessidade de assistência e, ao mesmo tempo, da complexidade, dos perigos e excessos que existem ao redor desse universo.

1. Laranja Mecânica (1971)

O clássico e genial filme Laranja Mecânica, do diretor Stanley Kubrick, conta, em um cenário distópico que comenta sobre psiquiatria, violência e cultura, a história de Alex (Malcolm McDowell), um jovem sociopata que lidera uma gangue em uma série de crimes. Depois de capturado, Alex é submetido a tratamentos psicológicos intensos e controversos.


2. Uma Mulher Sob Influência (1974)

Considerado uma das obras-primas do diretor norte-americano John Cassavetes, Uma Mulher Sob Influência conta a história de Mabel (Gene Rowlands), uma dona de casa que apresenta sinais considerados de fragilidade emocional e mental. O marido então decide interná-la em uma clínica, onde ela passa por seis meses de tratamento. Voltar à vida de antes, depois de sair da clínica, não é tão simples – e os efeitos de sua internação sobre sua família começam a vir à tona.

3. Um Estranho No Ninho (1975)

Baseado no romance do autor americano Ken Kesey, Um Estranho no Ninho, dirigido por Milos Forman, é um dos grandes filmes do gênero e conta a história de Randall Patrick McMurphy (Jack Nicholson), um prisioneiro que se finge de doente mental para ser internado em um hospital psiquiátrico e fugir da prisão tradicional. Aos poucos, McMurphy começa a se relacionar com outros internos e a incitar uma verdadeira revolução no hospital.


4. Tempo De Despertar (1990)

Tempo de Despertar foi baseado no livro do neurocirurgião Oliver Sacks, e tornou-se um documento do gênero ao retratar justamente a trajetória do médico neurologista Malcon Sayer (Robin Williams), que, em um hospital psiquiátrico, começa a administrar uma nova droga para pacientes que há anos encontravam-se em estado catatônico. Entre diversos personagens, Leonard Lowe (Robert de Niro) desperta e passa a ter de lidar com uma nova vida em um novo tempo.


5. Shine (1996)

O filme Shine é baseado na vida do pianista australiano David Helfgott, que passou a vida lutando por sua saúde mental, entrando e saindo de instituições psiquiátricas. Tendo que enfrentar um pai dominador e seus esforços extremos para se aprimorar cada vez mais enquanto músico, o filme revela toda a trajetória de vida de David (Geoffrey Rush) rumo à perfeição musical e seu sofrimento mental.

6. Garota, Interrompida (1999)

Passado nos anos 1960, Garota, Interrompida conta a história de Susanna (Winona Ryder), uma jovem diagnosticada com um transtorno que é enviada a um hospital psiquiátrico. Lá ela conhece uma porção de outras internas, entre elas Lisa (Angelina Jolie), uma sedutora sociopata que transforma a vida de Susanna e organiza uma fuga.


7. Réquiem Para Um Sonho (2000)

Dirigido por Darren Aronofsky, o filme Réquiem Para um Sonho junta quatro narrativas para falar sobre drogas de forma geral (e não somente drogas ilegais) e os efeitos de seus usos sobre a saúde física e mental das pessoas. Dividido em quatro estações do ano, o filme retrata o abuso de quatro tipos diferentes de drogas – e a devastação que o excesso de substâncias pode trazer.


8. Uma Mente Brilhante (2001)

O filme Uma Mente Brilhante foi baseado na biografia do matemático norte-americano John Nash. O roteiro foi alvo de críticas por ter alterado intensamente fatos e caminhos da história real, por motivos comerciais – de toda forma, o filme foi um sucesso, que mostra a genialidade de Nash (Russel Crowe) para a matemática, ao mesmo tempo em que luta contra a depressão, delírios e alucinações de uma diagnosticada esquizofrenia.

9. Bicho De Sete Cabeças (2001)

Baseado em fatos reais (como boa parte dos filmes sobre o tema da saúde mental), o filme Bicho de Sete Cabeças, de Laís Bodanzky, conta a história de Neto (Rodrigo Santoro), um jovem que é internado em uma instituição psiquiátrica depois do pai encontrar um cigarro de maconha em um casaco do jovem. Internado, Neto entra em um processo abusivo e devastador dentro do hospital.

10. Terapia De Risco (2013)

Depois da prisão do marido e de uma tentativa de suicídio, Emily Taylor (Rooney Mara) em Terapia de Risco começa a tomar uma nova droga antidepressiva, receitada pela Dra. Victoria Siebert (Catherine Zeta-Jones), que começa a ajudar Emily. Os efeitos colaterais da droga, porém, parecem trazer um destino ainda mais problemático para a paciente.




#Esquizofrenia #TranstornosMentais #acompanhart #MoradiaAssistidaCasaDia #tratamentoterapêutico #MoradiaAssistida #CasaDia #tratamento #InserçãoSocial #TratamentoPsicológico #TratamentoMental #Esquizofrenico fonte: hypeness

 Moradia Assistida e Casa Dia

Rua Musas, 272 - Santa Lúcia
Belo Horizonte/MG - CEP: 30.360-660

Telefone: (31) 3227-8301

Celular: 31- 9 9800-2111

Email: contato@acompanhart.com.br

Mantenha-se conectado

Participe da nossa newsletter para receber nossa informações e postagens

  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Cinza ícone do YouTube

Trabalhe conosco

Envie seu currículo

whatsapp.png

Fale conosco

das 9 às 17

© 2019 by Acompanhart  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Café com Pão Comunicação